NO AR
XITÃO
Rolim de Moura - Rondônia
 
Na semana da criança, Fhemeron faz apelo aos adultos para doação de sangue
10/10/2017 / 09:43

 Na semana da criança, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron) faz apelo aos adultos para aumentar o estoque de sangue tendo em vista o número significativo de crianças fazendo tratamento de quimioterapia e radioterapia e consequentemente necessitando de sangue, principalmente o hemocomponente plaquetas.

 
Na semana da criança, Fhemeron faz apelo aos adultos para doação de sangue
 
O estoque da fundação está abaixo da média dos tipos sanguíneos O + (mais utilizado em cirurgias) e O – (considerado um sangue raro). Só para se ter uma ideia, compareceram nesta segunda-feira, até às 9h, 15 doadores voluntários, sendo que oito tinham tipo de sangue O + e nenhum doador O -.
 
Para manter o estoque em nível satisfatório são necessárias 150 bolsas de sangue por dia, e nas últimas semanas foram 80 bolsas no estoque para atender as unidades de saúde de Porto Velho e outras regiões do estado. “Temos observado a diminuição gradativa da vinda espontânea das pessoas para doação voluntária. Isso nos preocupa muito”, destacou o diretor-presidente da Fhemeron, Sid Orleans.
 
Em média doavam sangue 60 a 75 pessoas por dia. Agora comparecem ao órgão cerca de 40 a 50 pessoas.
 
Saira Francisca de Araújo, 25 anos, professora de Biologia da rede privada, estava hoje doando sangue A+ pela segunda vez este ano. “Tenho saúde e sempre quis ser uma voluntária para salvar vidas. Apesar de não saber para quem estou doando meu sangue, quero continuar fazendo este gesto de amor”, explicou.
 
Desde os 18 anos que a funcionária pública do Tribunal de Justiça, Taís Lizié, 30 anos, é doadora de sangue O+. “Sempre pensei em ajudar e tenho consciência do bem que estou fazendo as pessoas que necessitam de doação de sangue para sobreviver”, destacou, acrescentando que o órgão que trabalha faz campanhas e oferece suporte aos servidores que querem doar sangue.
 
A coleta de sangue é realizada em seis municípios; na segunda quinzena deste mês a unidade da Fhemeron de Cacoal vai abrir das 7 às 18 horas, antes funcionava somente pela manhã; em Porto Velho a fundação continua abrindo aos sábados até às 18h30, para atender principalmente as pessoas que trabalham no comércio.
 
QUEM PODE DOAR
 
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), qualquer pessoa com idade entre 16 e 69 anos pode ser doadora de sangue. Os jovens com idade entre 16 e 17 anos podem doar acompanhados pelo pai, mãe ou responsável legal. E para doar até os 69 anos, a pessoa precisa começar a doar antes dos 60 anos. O doador deve estar em boas condições de saúde, ter peso igual ou superior a 50 quilos. Homem pode doar até quatro vezes ao ano com intervalos de 60 dias. Mulher pode doar até três vezes ao ano, com intervalos de 90 dias.
 
 
 
 
 
rondoniagora.com
PARCEIROS
 
SISTEMA RONDÔNIA DE COMUNICAÇÃO